Filme, Livro, Resenhas
Comentários 12

Matt Damon virou capa de livro

Aqui está uma história que reúne três elementos que levam pessoas às salas de cinema: humor, ação e aventura. “Perdido em Marte” (“The Martian”, EUA, 2015) acaba de virar filme, e subvertendo todo o estigma das adaptações de livros, neste caso o pupilo conseguiu superar o mestre. O que não foi difícil, já que bastava cortarem todo o excesso de siglas, informações técnicas e cálculos entendiantes, que os efeitos visuais em 3D com certeza dariam conta do resto.

perdido em marte matt damon andy weir the martian

Mark Watney é um cara de bom humor. Isto é inegável, mesmo que suas piadas não agradem em 100% do tempo. Mas quando o assunto é sorte, muita gente pode duvidar até de que ele tenha alguma porcentagem. Tripulante de uma missão de exploração a Marte, Watney é abandonado no planeta após um grave acidente. Enquanto a notícia de sua suposta morte causa alarde na Terra, ele sobrevive com seus dotes de botânico e engenheiro no planeta inóspito. E pronto.

perdido em marte matt damon andy weir

Se fosse uma obra mais profunda, “Perdido em Marte” seria do tipo que aborda “a solidão do ser humano e seu encontro consigo mesmo”, essas coisas do tipo; mas não é o que acontece. No entanto, dentro do que se propõe, a história cumpre muito bem o seu papel: com personagens que geram empatia, o filme prende do início ao fim. Digo “o filme” porque algumas coisas simplesmente funcionam melhor quando condensadas para 2 horas de efeitos visuais bem executados. Quando coisas assim são dispostas em livros, elas podem ficar um pouco chatas. No caso da obra de Andy Weir, por exemplo, rende vários trechos que podem ser facilmente pulados sem prejudicar a leitura.

E como todo livro adaptado que se preze, este também ganhou uma edição com o pôster do filme na capa. Eu ainda não decidi se gosto mais desta ou da anterior. Qual delas você prefere?

perdido em marte andy weir capas

*Esse texto é fruto da parceria com o blog Poesia na Alma, que é parceiro da Editora Arqueiro.

12 comentários

  1. Sério que você gostou mais do filme? Nossa, eu não curti muito não, eles cortaram as piadas que eu mais gostei (na verdade eu gargalhei sozinha em casa, Nescau até levava susto com as minhas risadas subitas). Sem falar que eles tiraram o acidente que ele tem na viagem até o VAM onde a Ares 4 deveria chegar e esse acidente foi o que mais me deixou tensa, fiquei pensado “PQP, DEPOIS DE TUDO ISSO VOCÊ NÃO VAI MORRER AGORA, NÉ, MARK?!”.

    Mas, né. Gosto é gosto 😛

    Beijão, Mona!
    http://www.ummetroemeiodelivros.com

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ixiii, discordo sobre isso do filme ter ficado melhor… eu gostei mais do livro, inclusive com todas as explicações científicas. O filme é muito bom e com certeza uma ótima adaptação, mas não conseguiu me fazer vibrar, cair na gargalhada ou realmente me envolver com o personagem da mesma maneira que o livro. Também achei que o livro pareceu mais realista em muitos sentidos. Mas gostei muito do filme também, apenas acho que a experiência teria sido bem menos rica se não tivesse lido o livro antes.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Diana Canaverde diz

    Olá… Monalisa, tudo bem??
    Apesar de curtir um pouco de ficção eu não me interessei pela leitura do livro e nem pelo filme rs… pode ser que eu mude de ideia sobre o filme, ainda não sei, mas de primeiro momento não curti o enredo.. parece muito monologo e eu costumo dormir e me sentir cansada com esse tipo de filme. Não duvido que seja um bom filme ou uma ótima leitura, mas neste momento eu passo viu… sobre as capas… prefiro a capa original… ela parece retratar bem o que o livro propõe… Xero!!!

    Curtir

  4. Ola Mona esses enredos não me chama atenção, não adianta já tentei assistir filmes, ler livros mas não fluiu, então nem insisto mais. Adorei saber que ele virou capa. Achei que a capa ficou linda e vai chamar muito atenção dos leitores que gostam do tema. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

    Curtir

  5. Oi Monalisa, tudo bem?

    Essa é a minha leitura atual, pois queria ler antes de assistir ao filme, e com certeza esse é um filme que eu não deixarei de assisti-lo e acho que dessa vez o filme vai conseguir ser melhor que o livro. Não que o livro seja ruim, é muito bom, mas a quantidade de detalhes técnicos as vezes cansa bastante… mas é inegável que o Mark é um personagem carismático e nos causa empatia. Os efeitos do filme devem estar incríveis, só por essas imagens já dá para ver.

    Não costumo gostar muito de capas de filme, mas essa está até legal, mas ainda prefiro a capa original… e o efeito de soft touch dela é ótima.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s