Livro, Resenhas
Deixe um comentário

O ar que ele respira

Em “O ar que ele respira”, novo romance de Brittany C. Cherry, foi a vez de um casal adulto ter uma história tão intensa quanto às destinadas aos jovens adultos, protagonistas usuais dos livros de sucesso com o mesmo pano de fundo. O livro apresenta Elizabeth e Tristan, duas pessoas que lidam da maneira que podem com a maior dor de suas vidas. Elizabeth perdeu o marido e agora precisa ser forte por sua filha; Tristan, por outro lado, perdeu tanto a esposa quanto o filho. Enquanto Lizzie tem por quem ser forte e perseverante, Tristan não vê porquê seguir em frente com a vida e deixa de prestar atenção nas coisas que antes poderiam importar: sua reputação, sua aparência, seu estilo de vida.

A princípio, os dois têm suas realidades apresentadas de maneira independente, mas quando se conhecem através de uma quase tragédia, as histórias de ambos se entrelaçam. Lizzie sabe da fama de homem das cavernas que Tristan tem, mas apesar das aparências, da grosseria infinita e da má reputação dele, sua curiosidade faz com que ela persista em tentar se aproximar. Assim, ao longo da leitura lidamos com a dualidade de uma mulher que pressente haver mais por baixo da superfície e um homem que deseja manter firme a posição inabalável. Elizabeth sabe que só está sendo forte por sua filha e imagina que Tristan precise de algum ombro amigo para aliviar a dor e seguir em frente.

Mas tratando-se de um romance, imagina-se antes mesmo de iniciar a leitura que a firmeza de Tristan não terá longa duração, bem como a amizade de Lizzie não continuará sendo apenas amizade. Tal pensamento não está incorreto, mas é preciso esclarecer que não se trata apenas disso. O livro apoia-se nos pilares do romance para desenvolver uma história de superação e do poder da amizade e do amor na vida das pessoas. É extremamente explícito que não conseguimos passar por nada sozinhos.

A leitura, mesmo com os clichês, me foi bastante agradável, contando ainda com uma reviravolta muitíssimo interessante no final, envolvendo uma personagem secundária.  A narrativa da autora é realmente fluida e envolvente, embora conte com diálogos muito rasos e simplórios. Contudo, nada disso compromete a leitura e deixa de envolver o leitor na trama de altos e baixos de Tristan e Elizabeth.

O_AR_QUE_ELE_RESPIRA_1464795058584370SK1464795058B
“O ar que ele respira”

Autora: Brittany C. Cherry
Editora: Record
Páginas: 308
*Livro enviado pela editora.

Compre o seu AQUI e ajude o Literasutra a crescer!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s