Livro, Resenhas
Deixe um comentário

Pintor da vida alheia

Momentos ociosos servem para muitas coisas, principalmente para imaginar. Por exemplo: Durante uma viagem de ônibus, com a testa colada à janela, é muito comum que um passageiro se imagine levando a vida das pessoas que passam velozes do lado de fora. A verdade é que estamos constantemente tentando experimentar outras vidas (seja por meio das artes ou de uma compulsão desenfreada pelas redes sociais), independente destas possuírem a personagens reais ou fictícios. Sob esta ótica, “O Pintor de Memórias”, romance de estreia de Gwendolyn Womack, é um deleite para quem já se imaginou na pele de outra pessoa.

O título do livro não poderia ser mais óbvio, o que pode dar um start meio borocoxô à experiência de leitura. Bryan Pierce é um pintor renomado, cujo sucesso se deve à habilidade secreta de retratar seus sonhos excepcionalmente vívidos. Até que suas suspeitas se comprovam reais: os sonhos são, na verdade, memórias de outras pessoas. Bryan tem o poder de experimentar a vida dos outros. Resumindo, ele é um pintor de memórias.

Tudo isto se comprova quando Linz Jacobs, uma neurogeneticista de inteligência invejável, se depara com uma obra de Bryan que retrata o seu maior pesadelo, que a assombrou durante toda a infância. E é claro que, não podendo faltar uma mãozinha do destino (mais comumente conhecida como trapaça de autor), o trabalho de Linz é dedicado a decifrar os genes responsáveis pela criação de memórias.

Apesar do ponto de partida que me intriga, a história não chega a ser uma estreia sensacional da escritora. Seus ritmo inconstante e seus personagens não muito bem definidos, com relações pouco exploradas apesar de todo o seu potencial, não ajudam na leitura. O livro também perde pontos pela sua finalização, que nos deixa com a sensação de que algo foi cortado sem motivo. “O Pintor de Memórias” é uma ótima escolha para quem gosta de fantasia, basta tomar cuidado e não criar expectativas demais.

O_PINTOR_DE_MEMORIAS_1465776975589931SK1465776975B
“O Pintor de Memórias”

Autora: Gwendolyn Womack
Editora: Record
Páginas: 378
*Livro enviado pela editora.

Compre o seu AQUI e ajude o Literasutra a crescer!

Este post foi publicado em: Livro, Resenhas

por

Espécime da safra de 89. Recentemente descobriu que não consegue escolher uma coisa só, então alterna a vida profissional entre as funções de jornalista e fotógrafa. Criou o projeto fotográfico "Uma Pessoa Por Dia", onde consegue mesclar as duas coisas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s