Mês: setembro 2017

A biografia de Marina Abramovic vai te ensinar o que é arte e performance

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar em Marina Abramovic, ela provavelmente já passou pela sua timeline. Uma mulher de vestido longo e cabelos pretos trançados está sentada, sozinha, numa cadeira no centro de uma roda de pessoas. De repente, um homem se aproxima e senta-se na cadeira que está à sua frente, e a cena que segue emociona não somente o casal, mas todas as pessoas que assistiram e compartilharam o vídeo incessantemente nas redes sociais. O vídeo em questão é um trecho do filme “Marina Abramovic — A artista está presente”, que documentou a exposição da artista sérvia realizada em 2010 no MoMa de Nova Iorque. O homem cuja aparição a emociona é Ulay, que durante 12 anos foi seu companheiro e parceiro de performances. “É incrível como o medo é embutido em você, por seus pais e por outras pessoas que o cercam. Você, no início, é tão inocente. Você não sabe.” Esta e outras histórias envolvendo a artista, reconhecida por muitos como “a avó da performance” devido aos quase 50 anos de …

PARTICIPE: Leitura coletiva de “Esse Cabelo”

Conheci Djaimilia Pereira de Almeida durante uma mesa redonda na FLIP 2017. Foi um primeiro contato muito emocionante, e agora me preparo para mais uma dose de emoção: dos dias 9 de outubro a 9 novembro será realizada no Canal Literasutra uma leitura coletiva de seu primeiro romance, “Esse Cabelo”, em parceria com a Editora Leya e os blogs parceiros The Bookworm Scientist, Clã dos Livros, Cinefilando e Morando em Pasárgada. Compre o livro “Esse Cabelo” com desconto clicando aqui.  Saiba mais detalhes no vídeo abaixo: Toda a discussão sobre o livro será realizada em um grupo no facebook. Clique aqui para entrar!

Vale a pena ler “O Problema dos Três Corpos”?

O motherfuckin Starboy da ficção científica, Cixin Liu, se consagrou no gênero com o livro “O Problema dos Três Corpos”. Goste ou não, o livro já é detentor de um recorde: ele foi o primeiro livro a ganhar o Prêmio Hugo (prêmio máximo da ficção científica) sem ter sido escrito em inglês. Elogios não faltam para descrever este livro, mas para cada coisa que ele faz certo, ele também faz uma errada. Compre livros com desconto AQUI! A história começa com um flashback para a Revolução Cultural de Mao Tse Tung. O exército vermelho impunha dogmas medievais nas universidades. Depois, somos transportados para o presente próximo, onde cientistas relacionados à construção de um acelerador de partículas (como o LHC) estão misteriosamente cometendo suicídio. Não bastando, um promissor cientista na área de fibras de carbono (nosso protagonista) começa a ver uma contagem regressiva sendo impressa em suas fotografias.

Quando Neil Gaiman e Terry Pratchett se unem, o resultado é um livro que você precisa ler

Se um CD passar muito tempo dentro de um carro, ele invariavelmente se tornará um CD do Queen. (pegar trecho do livro) Quando Neil Gaiman e Terry Pratchett decidem criar juntos uma história, surge algo como “Belas Maldições”. Publicado no início dos Anos 90 nos Estados Unidos sob o título “Good Omen”, este é um dos primeiros romances de Neil Gaiman, escrito em parceria com Terry Pratchett, antes que os dois se tornassem o que são hoje. E mesmo que a escrita de ambos já tenha amadurecido bastante desde então, a qualidade literária da obra continua sendo inegável, fazendo do livro uma ótima porta de entrada para quem deseja conhecer os dois autores de uma vez só. Pois se tem um feat que você deve respeitar incondicionalmente, esse feat é certamente Neil + Terry.