Autor: Monique Vasconcelos

“Marco Archer era amigável, extrovertido e animado”, conta autora de Nevando em Bali

Há dois anos, em janeiro de 2015, os brasileiros ficaram em choque com a notícia do fuzilamento do instrutor de vôo livre Marco Archer, o Curumim, na Indonésia por tráfico de drogas. O carioca estava desde 2004 no corredor da morte e foi o primeiro ocidental a ser executado no país. A jornalista australiana Kathryn Bonella conhece a fundo essa e outras histórias de traficantes condenados no país – muitos deles brasileiros. A escritora tem três livros sobre o tema: No More Tomorrows, que fala sobre a estudante Schapelle Corby, condenada por porte de maconha; Hotel Kerobokan, que revela detalhes da famosa prisão; e, o mais recente, Nevando em Bali, que expõe o submundo das drogas na mais famosa ilha da Indonésia. Kathryn concedeu ao Literasutra uma entrevista onde falou sobre os bastidores da prisão e o processo de criação dos livros. Confira a entrevista completa: Você deixou a carreira de apresentadora de TV para fazer uma investigação sobre o submundo do crime em Bali, que resultou em três livros. O que te motivou a …